Monthly Archives: julio 2014

Anunciam cessar-fogo 72 horas em Gaza

Palestinian firefighter participates in efforts to put out a fire in a van, which witnesses said was hit in an Israeli air strike, in Gaza City

Israel e Hamas cessar os ataques, que causaram milhares de mortos e feridos, das 08h00 local.

Conflito na Líbia, totalizando mais de 100 mortos

lainfo.es-12357-combateslibiados

Os confrontos, até agora causou 102 mortes e 452 feridos.

Que lutam contra Ebola

lainfo.es-12356-eb1

A Organização Mundial da Saúde lançou um plano que visa a impedir a transmissão do vírus, particularmente em áreas de fronteira.

Palestinos fugindo bombardeio israelense

lainfo.es-12355-palestinos3107

Mais de 440 mil palestinos deixaram suas casas em busca de refúgio após vários ataques israelenses na Faixa de Gaza.

Aprovada lei fiscal em El Salvador

lainfo.es-12354-ley

Com as reformas aprovadas pelo Congresso de El Salvador, a mídia impressa tem que pagar impostos não canceladas desde 1950.

Explosões deixam 15 mortos em Taiwan

lainfo.es-12353-kaohsiung-actualidad-rt

O incidente causou pelo menos 200 feridos, dos quais cerca de 115 foram transferidos para hospitais.

Explosões causam 15 mortes em Taiwan

lainfo.es-12352-kaohsiung-actualidad-rt

O incidente deixou pelo menos 200 feridos, dos quais cerca de 115 foram transferidas para hospitais.

Kicillof reiterou que a Argentina não está em situação de incumprimento

El ministro de Economía de Argentina, Axel Kicillof, habla con los medios en una conferencia de prensa en el Consulado de Argentina en Nueva York

O ministro da Economia argentino esclareceu que há uma campanha para criar pânico sobre esta questão.

Kicillof dá conferência de imprensa em fundos abutre

lainfo.es-12350-kicillof_31_7_14.jpg_1718483346

O ministro da Economia argentino Axel Kicillof reiterou quinta-feira que a Argentina não está em mora, em referência a uma campanha para criar pânico e incerteza em torno deste termo, disse que “não é um vento frio, mas uma questão eminentemente jurídica.” “É muito claro que a Argentina estaria em default, se ele não cumpriu

Dilma Rousseff promete melhores serviços

lainfo.es-12349-2014-07-30t194544z_1171479236_gm1ea7v0a0y01_rtrmadp_3_brazil-politics

O candidato presidencial e atual Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, negou a possibilidade de uma “subida das taxas”, após as eleições de outubro ao contrário do que “pessimistas esperado, nenhuma crise cambial no país ou de racionamento de energia porque o Brasil fez seu dever de casa. “